News

RTUR reforça 5 Práticas Para Manter o Foco na Carreira e não se Sobrecarregar

Por Maria Angélica Parmigiani

Para um artista o mundo é como uma matéria-prima onde tudo pode ser transformado, mas dentro dessa cabeça multifacetada, nem sempre um dos grandes aliados da materialização aparece. O foco. Este estado de espírito pode ser considerado um tendão de Aquiles para o artista durante sua trajetória. Administrar seu tempo e focar em suas atividades como rotina e ofício não costuma ser algo que essa mente dinâmica curte fazer todos os dias. Por essa razão, hoje convidamos um jovem talento do cenário eletrônico para colaborar com um conteúdo voltado ao tema, RTUR.

.

.

Artur Agostini Lange tem uma carreira ainda jovem, mas que tem se mostrado promissora. Produzindo desde 2015, o artista teve seu primeiro lançamento assinado por um label alemão e recentemente estreou no Terraza Music Park, que opera em formato lounge. Com duas conquistas consistentes assim, queremos saber como ele tem se mantido focado diante aos desafios.

Tema mais do que pertinente e um dos mais frequentes em cursos de mentoria artística e desenvolvimento de carreira. Quem tem longos anos de jornada e já criou o hábito, performa melhor nesses casos, mas quem está no começo da empreitada, manter a consistência do trabalho pode ser um baita desafio. É super importante ouvir as novas gerações e ver como elas têm se aprimorado.

.

RTUR

Primeiramente, muito obrigado pelo convite e pelo espaço para expor um pouco minha visão sobre o tema. Irei começar trazendo um ponto que me ajuda muito na carreira: trabalhar com lista de metas/objetivos de curto, médio e longo prazo. Através disso, consigo ter um plano traçado e ir analisando se estou evoluindo conforme planejado ou se preciso modificar a estratégia. Aproveito também e uso as metas de curto prazo como recompensa pelo esforço, o que me faz querer ir cada vez mais em frente. 

Outro ponto muito importante é fazer atividade física regularmente, parece besteira já que estamos falando de artistas e criatividade, mas isso me ajuda a manter a saúde e mente em dia, e ambos são de suma importância para o processo criativo, pois ficamos muito mais ativos, com menos preguiça e tudo no nosso corpo trabalha melhor.

Aqui já faço um gancho para outro ponto: alimentação e descanso, esses dois juntos, acredite, fazem uma diferença enorme no nosso rendimento diário. Alimentação equilibrada, sem muitas ‘porcarias’ e uma boa noite de sono me ajudam a manter o meu dia com bom desempenho. Gosto de acordar cedo, por isso prefiro dormir mais cedo, o que nos leva agora ao ponto número 04.

Horário de trabalho no estúdio. Devemos descobrir qual nosso melhor horário para produzir, quando somos mais criativos e rendemos mais… para mim, é de manhã, mas claro que não é sempre que consigo a manhã livre, pois ainda possuo um trabalho paralelo.

Por isso, trago o último ponto que é: estudar outros conteúdos relacionados a música. Eu, pessoalmente, acho muito maçante produzir todo dia e muitas vezes quando fazia isso acabava não rendendo e travando em algum processo, o que atrasava ainda mais a finalização. O fato de reconhecer esse ponto foi muito importante, porque agora quando percebo essa fadiga, logo paro e estudo outros assuntos relacionados a música, seja teoria, algum tutorial ou mesmo praticando teclado, e quando retorno ao projeto, sempre aparecem novas ideias e o flow se desenrola muito melhor. 



As mais lidas

To Top
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com