ENTREVISTA EXCLUSIVA

Exclusiva com Kolombo + Fotos da Colours Spring Edition

Nem Kolombo acredita como continua firme e forte na cena eletrônica brasileira. Mas o fato é que está. Veja pelas lentes de Juliano Conci .

Image may contain: one or more people and crowd
Foto: Juliano Conci

Logo após sua festa em Ibiza, Kolombo. retornou ao palco da Colours, desta vez para a Spring Edition, que rolou dia 19 de Setembro em Caxias do Sul.

A história de amor entre Kolombo. e o público brasileiro é antiga e se mostra através de diversos lançamentos que por aqui se tornaram hits além de sua presença nos line ups mais expressivos do Brasil. Entretanto é na pista da Colours que Kolombo tem sua relação mais especial, como vemos nesta matéria especial de Nazen Carneiro com fotos de Juliano Conci.

.

TUDOBEATS: Vamos agora falar da sua música? Tem um lançamento recente teu que é “4Ever Baby”, pela SNOE, com remix de Andreas Henneberg. O que te influenciou para chegar nesse resultado final?

Eu tenho me inspirado no techno ultimamente. Eu tento manter minha identidade e estilo só que mais seco, com mais groove e vocais. Mandei direto para a SNOE e o remix do Andreas é sensacional! Estou muito feliz com este single.


TUDOBEATS : Muito bom mesmo! Mas tem mais né? Estou sabendo que vem por aí uma finagem pelo selo de Berlim, Katermukke, certo?

Está super certo! Haha Eu tinha esse projeto antigo (de música) nos meus arquivos, dei uma trabalhada nele e mandei pra eles. Tem um tempo que queríamos fazer algo juntos, mas como eu estava produzindo uma linha mais Techno, isso não encaixava para eles.

Já esse é mais trance/progressive house, muito diferente do que tenho lançado, mas ainda tem minha identidade. O EP terá um remix de Doering e uma faixa que ainda estou trabalhando.

.
TUDOBEATS : Essa pergunta é mais voltada para produtoras e produtores de música eletrônica. Quais equipamentos o Kolombo usa para produzir?

São muitos com certeza! Eu sou um nerd analógico então posso dizer que alguns dos meus preferidos são: Roland MKS-80 Super Jupiter with MPG-80 Programmer, Roland MKS-50 with PG-300 Programmer, Roland Jupiter 4 compuphonic, Siel Opera 6, Roland SH32 e Nord Rack.

.

Image may contain: 1 person, on stage, crowd, night and concert




TUDOBEATS : E na hora de botar isso tudo para funcionar? Comente, por gentileza, esse processo criativo.

Eu não tenho nenhum proceso criativo específico. Trata-se sobre a inspiração naquele momento. As vezes me tranco no estúdio e saio sem nada, outras vezes faço uma track em 40 minutos. Se uma idéia inspirada vem, eu vou direto pro estúdio trabalhar nela.

Image may contain: 1 person, sitting, night, beard and indoor


TUDOBEATS : Eu lembro que a primeira vez que ouvi sobre Kolombo foi no ano de 2005, por causa de um remix junto com Rafael Araújo. Mas foi depois, com o Fran Bortolossi, que você entrou em relacionamento sério com público brasileiro. (risos)…

Sim com certeza! (risos) Minha primeira vez no Brasil foi em 2007 – e sempre tive uma boa conexão com os brasileiros – mas a mágica aconteceu em 2012, depois que conheci o Fran Bortolossi em 2011, em Budapeste. Nós tomamos umas cervejas juntos e combinamos uma tour minha em 2012, que deu muito certo! Depois disso começamos a montar nosso time dos sonhos junto com a Gabi Lorensatto (manager do artista no Brasil). A partir daí tudo se ficou muito louco. Essa parceria entre nós três mudou nossas vidas e as vezes eu ainda não acredito que essa chama está tão acesa! Eu amo o Brasil e me sinto um pouco brasileiro. É sensacional!


TUDOBEATS : Além dessa relação especial no seu ‘time dos sonhos’, existe a Colours, que é o palco de tudo isso e onde tudo começou a mudar para você, certo? DIa 19 você está de volta e como fica a relação com essa pista?

Sim, dia 19 estou de volta à esta pista a qual me apaixonei a primeira vista, já em 2012. Lembro que rolou uma química imediata com a pista e com o Fran. Toquei quatro horas aquele dia e foi demais! Desde então eu sempre fico esperando a hora de tocar na Colours de volta. Eu conheço o trabalho do Fran com a Colours e tenho muito orgulho de tudo que foi construido nestes anos e como a festa cresceu. Estou longe desta pista desde 2017, quando tive que sair correndo depois de tocar e acabei perdendo o set do Octave One. Estou ansioso para voltar!


TUDOBEATS : O que faz da Colours tão especial hoje na cena eletrônica nacional na tua opinião?

O público que vai na Colours comprar o ticket pois sabe que vai ter boa música. É uma audiencia, hoje, que entende de música e sabem como uma festa boa debe ser. A Colours fez isso pois sempre teve alta qualidade. Sem dúvida uma das melhores festas do mundo para mim até por que estou entre amigos, o que é gratificante.




TUDOBEATS : É impossivel falar desse trabalho sem falar do Fran Bortolossi. Vocês produzem, fazem tour juntos…

Com certeza absoluta! O Fran é um dos meus melhores amigos para sempre. Temo suma forte conexão de amizade, musical e de negocios também. Estamos em tour juntos pelos últimos sete anos e sempre nos divertimos muito! Nossa turnê juntos é a parte mais esperada do ano para mim. Eu confio nele 100% e tenho orgulho da nossa parceria que é, com certeza, para a vida.


TUDOBEATS : E o que mais vem por aí nessa parceria?

A Colours será a primeira data de uma tour de três semanas no Brasil. Então será um ótimo – e perigoso – início (risos). Depois vamos juntos para Amsterdam para o ADE (Amsterdam Dance Event). Depois disso vou para Australia, retorno para Europa e volto para o tradicional verão no Brasil.

VEJA FOTOS EXCLUSIVAS DE JULIANO CONCI
no TUDOBEATS!

“Escolhemos as músicas e artistas que gostamos, divulgamos os projetos em que acreditamos. “

“A cultura eletrônica e o mundo do entretenimento vistos através de artigos, matérias e entrevistas com artistas, produtores e diversos profissionais chave do Brasil e do Mundo.”

.

TUDOBEATS é uma marca da NZPR.

.

Relações Públicas para a Indústria do Entretenimento



As mais lidas

To Top