ENTREVISTA EXCLUSIVA

Vinne bateu um papo exclusivo com o TUDOBEATS e compartilhou seu TOP 5 particular do momento

Vinne bateu um papo exclusivo com o TUDOBEATS e compartilhou o seu “TOP 5” mais pessoal de todos os tempos! (de todos os estilos) 

.

Vinne © 2017 Érico Salutti

.,

A cena eletrônica brasileira é bastante variada e pode-se dizer que a cena ‘bass’ tem bastante força. Artistas como Alok e Illusionize tem bastante destaque, inclusive internacional, mas vamos falar de outro artista, também destaque nacional neste gênero: Vinne, de 21 anos mas muitos sucessos. Não se chega a lugar algum “do nada” e Vinne sabe disto muito bem.

Bem articulado com o som, e com as palavras, Vinne é um talento prodígio, um patrimônio de uma geração de ouro da música eletrônica nacional que combina esse talento com carisma. Nesta entrevista exclusiva ao TUDOBEATS, Vinne falou sobre o atual momento da sua carreira, suas produções e compartilhou uma lista musical muito especial: Um “Top 5” de vários estilos. Ladies and Gentleman, com vocês… Vinne!

.,

Por Nazen Carneiro

 

TUDOBEATS: Para começar, por gentileza, indique cinco música que você tem ouvido ultimamente. (de qualquer estilo)

Vinne: Qualquer estilo? Opa hahah! Então aí vai o top 5 mais pessoal que eu já fiz!

 

1. Nombe – California Girls

Na verdade, eu inidicaria qualquer uma do Nombe, mas coloquei essa em especial porque foi a primeira dele que ouvi.
O que esse cara faz cantando com uma guitarra e uma batida é incrível.
É como se a música te colocasse dentro da atmosfera dela, não sei explicar.

 

 

 

2. Haute – Shut Me Down: Aqui deu pra perceber que eu curto umas batidas com um swing a mais (hahaha) O vocal me lembra bastante uma pegada RnB da primeira década de 2000 e nostalgia é mais um ponto que me faz viciar em uma música.

 

 

3. NVOY – Higher: “Eu gosto quando uma música, apenas com a melodia, consegue me tirar sentimentos que eu não consigo explicar com palavras, é como explodir por dentro. Higher me traz essa vibe.”

 

 

4. Kendrick Lamar – LUSTEu gosto da vibe “dark” de LUST., me lembra um pouco da minha fase “Rock U” quando eu fazia umas sonoridades mais “misteriosas”, vamos dizer assim. (hahaha) Além disso, Kendrick Lamar é outro artista que eu indicaria literalmente qualquer uma track, porque eu curto muito todas!”

 

 

 

5. Dubdogz – Always Summer (ft. Tom Bailey): “Por fim, algo de casa. Os caras do Dubdogz simplesmente fizeram uma das poucas músicas que me surpreenderam esse ano, nunca tinha escutado nada igual vindo da nossa cena eletrônica. Em poucas palavras, a energia que essa track traz é aquela paz do verão, como sugere a letra dela.”

 

 

 

TUDOBEATS: De “Rock U” a “Tell Me”. Qual a mensagem que você quer imprimir na sua música?

São músicas que remetem bastante às vibes da noite. Aquela sensação de ter algumas horas antes de amanhecer e nesse curto espaço de tempo, você pode sentir e viver coisas incríveis, e tudo fica bem melhor com uma música de plano de fundo. Hehe!

 

TUDOBEATS: Em 2017 você alcançou exposição e ritmo de trabalho inéditos. Agora que acabou o ano, conta pra gente a retrspectiva 2017 em suas palavras;

Vinne: “O ano de 2017 pra mim foi totalmente um ano de amadurecimento. As coisas aconteceram muito rápido em 2016 e eu só consegui processar tudo, entender onde estou e aonde quero chegar, agora.
Eu olho pra 2017 e sinto orgulho de várias conquistas, como ter assinado a “So Bad” com a Armada e ter tocado no palco principal do Ultra Brasil, e também ser considerado o brasileiro mais novo a me apresentar no festival.
Além disso, sou muito grato a minha equipe que me ajudaram bastante a tomar o caminho certo esse ano e às pessoas que acompanham meu trabalho por estarem sempre me dando motivos suficientes para querer alcançar objetivos cada vez maiores.”

 

Recentemente Vinne apresentou seu show na décima quarta edição do Universo Paralello. Confira no video!

 

 

 

TUDOBEATS: Você tem como seu Manager o Maycon Dal Evedove, mesmo manager do Alok, além de vários profissionais. Conta essa dinâmica pra gente.

Vinne: “Em poucas palavras, o trabalho é pesado! hahaha
Por mais que o final de semana seja cansativo pelas viagens e pouco tempo de sono, eu digo que é a parte divertida do trabalho. Depois dos shows do final de semana, nós passamos a semana inteira planejando os próximos passos, conversando sobre todo o trabalho, ainda encontro um tempo para produzir músicas novas e as vezes consigo almoçar haha!”

 

 

Em Setembro de 2017, Vinne foi capa da revista HOUSE MAG, edição #46.

 

 

TUDOBEATS: Agora vamos falar das suas produções. Você que já mexe com os softwares desde os 12, 13 anos… Como que começa uma música pra você?

Vinne: “Essa é uma questão bem pessoal, cada produtor tem sua forma de se inspirar e criar a partir de algo. Comigo, ela começa no vocal. Eu me identifico bastante com uma cena do filme “Begin Again” onde um dos personagens (que é um produtor musical) entra em um bar e encontra uma mulher cantando apenas em voz e violão, e com isso consegue imaginar instrumento por instrumento sendo executado e criando uma música completa através disso. Comigo acontece a mesma coisa, a música primeiro se forma na minha mente e então eu coloco isso pra fora.”

 

Recentemente Vinne lançou o clipe oficial de “By My Side” com “várias referências escondidas, além de uma participação especial“, segundo o próprio artista. 

 

 

 

TUDOBEATS: Quais teus equipamentos, softwares, preferedos para produzir hoje?

Vinne: “Eu passei anos produzindo apenas com um notebook, só nos ultimos meses consegui colocar em prática meu plano de investir em alguns equipamentos. No momento tenho uma interface Focusrite Scarlet 2i2, um PC que aguente o tranco sem travar hahahh, uma guitarra Stratocaster onde tenho usado em algumas músicas novas, e ainda tenho usado headphones, Sennheiser sempre. O próximo passo é aposentar os headphones e ter um par de monitores, minha audição agradece.”

 

TUDOBEATS: Quem é o VINNE de hoje?

Vinne: “Uma pessoa que tem aprendido da melhor forma possível, através de alguns erros, que constantemente entra em fases diferentes e não consegue esconder isso nas músicas. Alguém que um dia começou sozinho e foi encontrando pessoas incríveis no caminho, que tem seguido com ele desde então. Enfim, alguém que alcançou o maior sonho da sua vida mas, graças a essas pessoas, não quis parar por aí.”

 

TUDOBEATS: Como será o VINNE de trinta anos?

Vinne: “Sem dúvidas alguém com uma mentalidade mais sólida, sem as inseguranças do passado, que olha para todo o trabalho feito com muito orgulho. Provavelmente alguém que ainda não vai parar de trabalhar tão cedo porque não vai aguentar passar um dia sequer sem respirar música, sem estar em um palco, sem estar conectado com as pessoas através da música.”

 

 

” A cultura eletrônica e o mundo do entretenimento vistos através de artigos, matérias e entrevistas com artistas, produtores e diversos profissionais-chave do Brasil e do Mundo.

.

_______________________

TUDOBEATS é uma marca NZPR

_______________________

.

Relações Públicas para a Indústria do Entretenimento



As mais lidas

To Top